Tratamento da Acne em Florianópolis

Tratamento da Acne em Florianópolis

A Acne provavelmente já te atingiu ou se manifestou em alguém da sua família. Muitas vezes além das inflamações ela pode causar ao indivíduo um pequeno desconforto causado pela aparência que causa na pele. Continue lendo para saber mais sobre o tratamento da acne.

Como dependem da presença dos hormônios sexuais a acne é uma doença de predisposição genética. A puberdade é a época em que os hormônios começam a ser produzidos pelo organismo, atingindo jovens de ambos os sexos.

As espinhas e cravos, na verdade são a obstrução do folículo piloso pode ser decorrente de aumento da secreção da glândula sebácea, atividade inflamatória, e ainda por ação de bactérias.

A doença manifesta-se principalmente na face, pescoço, peito e costas, áreas do corpo ricas em glândulas sebáceas. Os sintomas variam, mas na maioria das vezes de pequena e média intensidade.

Em alguns casos, o quadro pode tornar-se muito intenso, como a acne conglobata (lesões císticas grandes, inflamatórias, que se intercomunicam por sob a pele) e o acne queloideano (deixa cicatrizes queloideanas após o desaparecimento da inflamação).

Estágios do quadro clínico:

Acne Grau I: apenas cravos, sem lesões inflamatórias (espinhas).
Acne Grau II: cravos e “espinhas” pequenas, como pequenas lesões inflamadas e pontos amarelos de pus (pústulas).
Acne Grau III: cravos, “espinhas” pequenas e lesões.

Sendo doença de duração prolongada, algumas vezes modifica por completo a aparência da pele. A acne deve ser tratada desde o início, de modo a evitar as suas sequelas, que podem ser cicatrizes na pele ou distúrbios emocionais, devido à importante alteração na auto-estima de jovens acometidos pela acne.

INDICAÇÕES TRATAMENTO DA ACNE

Para a Dra Josy Sasaki, “para evitar estes problemas ocasionados por qualquer grau acneico a prevenção é a melhor maneira de manter uma pele saudável”. A limpeza de pele, que tem ação importante para o esvaziamento de lesões não inflamatórias (cravos), evitando a sua transformação em espinhas.

Os tratamentos podem ser realizados em pele que apresentem qualquer um dos graus de acne e também pode ser indicado para qualquer idade.

O tratamento da acne deve ser definido pelo dermatologista responsável e de acordo com o estágio da doença (acne), mas em todos os tipos deve ser iniciado o mais rápido possível, para evitar principalmente o aparecimento de cicatrizes da acne.

COMO É O PROCEDIMENTO

O tratamento pode ser feito com medicações de uso local, visando a desobstrução dos folículos e o controle da proliferação bacteriana e da oleosidade. Podem ser usados também medicamentos via oral, dependendo da intensidade do quadro, geralmente antibióticos para controlar a infecção ou, no caso de pacientes do sexo feminino, terapia hormonal com medicações.

A limpeza de pele, que tem ação importante para o esvaziamento de lesões não inflamatórias (cravos), evitando a sua transformação em espinhas.

Em casos de acne muito grave (como a acne conglobata), ou resistente aos tratamentos convencionais, pode ser utilizada a isotretinoína (Roacutan), medicação que pode curar definitivamente a acne em cerca de seis a oito meses na grande maioria dos casos.
Peelings de ácido glicólico também podem fazer parte do tratamento desse tipo de marca e ocasionalmente laser. Já as manchas mais claras do que a tonalidade da pele são mais difíceis de serem tratadas.

Não use remédios indicados por pessoas leigas ou que tenham um quadro semelhante ao seu. Eles podem não ser apropriados ao seu tipo de pele.

PÓS-OPERATÓRIO

Em geral o pós-procedimento é tranquilo, com recuperação rápida. O acompanhamento de um dermatologista é imprescindível e o cuidado com a pele deve ser diário.

Faça o uso de um protetor solar qualificado, escolha uma alimentação saudável, e permita-se viver com a pele livre de qualquer impureza ou dano.

RESULTADO DO PROCEDIMENTO

Não importa qual tratamento é utilizado pelo dermatologista, lembre-se que deve continuar cuidando da pele de forma adequada. A acne nem sempre é curada, mas pode ser controlada. Um tratamento adequado pode ajudá-lo a se sentir melhor e poderá prevenir cicatrizes.