estrias
  • 420
  • 0

Sabemos que as estrias aparecem em situações que, muitas vezes, não podemos controlar. Mas, mesmo assim, incomodam muito, não é mesmo? Sejam aquelas que aparecem na adolescência devido às transformações no nosso corpo, derivadas da gravidez, aumento de peso ou por optar por uma prótese de silicone, não importa o motivo, elas incomodam.

Basicamente, o que acontece é que a camada intermediária da nossa pele, composta por colágeno e elastina, se rompe ou se degenera, fazendo com que as estrias apareçam. Já escrevemos em detalhes aqui algumas das causas das estrias. Hoje, vamos falar sobre os possíveis tratamentos para reduzir o efeito delas em nossa pele.

80% das estrias podem ser eliminadas

Respondendo à nossa primeira pergunta, pode comemorar, pois a resposta é sim, as estrias podem ser eliminadas! Mas isso dependerá dos tratamentos utilizados e, principalmente, de qual é o estado em que elas se encontram:

  • Vermelhas ou arroxeadas: esses tipos de estrias indicam que seu surgimento é recente, portanto o tecido não está desgastado e é há sangue circulando. São essas estrias que se tornam esbranquiçadas com o tempo.
  • Brancas, porém superficiais e estreitas: essas características são de estrias ainda recentes, mas já demandam tratamentos mais intensos para melhorar sua cicatrização.
  • Brancas, profundas e largas: nesse caso, as estrias já são mais antigas e há pouca circulação sanguínea, por isso, somente métodos mais invasivos podem ser eficazes para sua recuperação.

Os principais tratamentos para estrias

A primeira recomendação é muito importante: procure dermatologistas qualificados para seu tratamento. São esses profissionais que vão conseguir relacionar o seu tipo de estria, o melhor tratamento e também as contraindicações, já que gestantes, lactantes e pacientes com problemas cutâneos devem evitar alguns métodos. Até mesmo quem tem diabetes e hipertensão deve ter mais atenção. Entendeu por que é importante procurar um profissional especializado?

Agora, vamos aos tratamentos:

  • Dermoabrasão: nesse caso, são realizadas esfoliações na pele, com o auxílio de equipamento específico que aquece a pele; isso faz com que a estria fique mais uniforme e menos perceptível.
  • Carboxiterapia: consiste na aplicação de injeções contendo CO² diretamente nas estrias; esse procedimento visa o aumento da circulação sanguínea da região das estrias, o que faz com que elas desapareçam gradualmente.
  • Peeling: muitos tratamentos de pele são realizados com peeling, esse tratamento retira as células mortas do local da aplicação. Sua dermatologista é quem vai saber indicar a dosagem correta para o seu caso.
  • Laser de CO²: mesmo sendo um pouco dolorosa, esse tratamento é responsável por formar novas fibras de colágeno, e isso diminui a espessura das estrias. A pele que recebe esse método precisa de cuidados para proteção e regeneração, geralmente, após as primeiras aplicações já é possível ver bons resultados.
  • Microagulhamento: com micro-agulhas (1 a 2 mm), são injetados cosméticos diretamente na região que precisa ser tratada; muito eficaz para a regeneração da pele, produção de elastina e colágeno.

Como prevenir o aparecimento de estrias

Para ajudar na prevenção das estrias é importante manter a pele hidratada. Existem muitos cremes e óleos vegetais que, além de auxiliar na hidratação, ainda possuem antioxidantes e complexos antielastese, que protegem da degeneração nosso o colágeno e elastina. Atenção para os cremes que possuem ácidos em sua composição! Nesse caso, consulta sua dermatologista.

Fazer massagens localizadas utilizando esses cremes, manter uma alimentação balanceada e o peso controlado, além da prática regular de exercícios físicos, também são maneiras muito eficazes de evitar o surgimento de estrias.

Mais uma vez, não se esqueça de contar com uma avaliação médica: a combinação de dois ou mais tipos de tratamentos, a periodicidade de cada método e diversos outros fatores são muito importantes para que o resultado seja o melhor possível!

CRM/SC | 14625 RQE 12663

Gostou dessas informações? Então, inscreva-se em nosso blog, semanalmente postamos novidades aqui pensando na sua saúde e bem-estar! Siga nossas redes sociais Facebook Instagram

Fontes: Minha Vida / Boa Forma / Tua Saúde

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Dermatologista Florianópolis