Clínica em Florianópolis trata queimaduras solares

Clínica em Florianópolis trata queimaduras solares

Uma vez que a pele sofreu a queimadura solar, nada vai reverter a ação prejudicial causada pelo sol. O tratamento a ser instituído visa apenas o alívio dos sintomas. Portanto, em primeiro lugar deve-se estimar o grau da queimadura solar, por exemplo, se apresentar vermelhidão e ardor leve a queimadura é de primeiro grau e pode ser cuidada com produtos no domicilio. Na presença de bolhas, mal-estar ou febre uma avaliação médica se faz necessária.

Ao contrário do que se pensa o uso de hidratantes após a queimadura não diminuirá o dano causado pelo sol. O hidratante apenas trará conforto e alívio para a sensação de ressecamento que se segue, mas o mal já está feito, e mais um degrau do envelhecimento cutâneo foi subido.

Nas primeiras 48 horas, algumas medidas podem ser tomadas para diminuir a dor e a sensação de calor:

  • Banhos frios, de preferência com imersão;
  • Loções refrescantes e calmantes contendo calamina, calêndula, azuleno e aloe vera;
  • Para a face, compressas frias com chá de camomila fraco;
  • Tome bastante líquido;
  • Evite misturas caseiras.

Após este período a pele começa a descascar. É a hora de caprichar na hidratação com cremes contendo substâncias como Vitamina E, Ceramidas e Manteiga de Karité. Não puxe as “pelinhas” soltas nem force uma esfoliação.

Neste período é especialmente importante a proteção solar, pois a pele descascada está mais fina e muito mais sensível. O dano causado será ainda maior do que o normal.

Caso vá voltar à praia, use filtros solares de alta proteção, preferindo os que contenham filtros físicos (deixam a pele com aspecto esbranquiçado). Mantenha-se na sombra, use chapéu, se possível camiseta e evite o sol das 10 às 15 horas.

Siga nossas redes sociais Facebook e Instagram

CRM/SC | 14625 RQE 12663

 

Deixe um comentário