Calvície – O que é e como tratar

Calvície – O que é e como tratar

Muito embora não seja um tema muito comum entre amigas ou em blogs de beleza feminina, a calvície acomete tanto homens quanto mulheres, sabia? Segundo a Sociedade Brasileira do Cabelo, 5% das mulheres brasileiras sofrem o que chamamos de rarefação aguda dos fios. Mais um dado: de acordo com a OMS, 50% das mulheres com mais de 50 anos vão ter algum tipo de problema relacionado à calvície.

Descubra em nosso artigo as principais causas e também as opções de tratamento para atenuar os impactos causados por essa inconveniência!!

Principais causas da calvície nas mulheres

A sobrecarga emocional e o cansaço físico gerado pela rotina tripla das mulheres acabou tornando-as um público mais suscetível a sofrer com a ansiedade e o estresse. Além desses dois fatores, há de se considerar fatores genéticos, dietas não balanceadas e até mesmo alterações hormonais, tudo isso pode estar causando a queda demasiada dos seus fios.

Ainda é importante lembrar que a queda excessiva de cabelo não necessariamente é calvície. Segundo o presidente da SBC, Valcinir Bedin, encontrar fios no travesseiro diariamente não é o principal sintoma. A calvície começa a surgir aproximadamente aos 20 anos e se manifesta, em geral, no topo da cabeça.

Quais são os tipos de tratamentos disponíveis?

Entender exatamente o seu problema e a causa é importante para saber que tipo de tratamento será realizado.

Como sempre ressaltamos por aqui, não acredite em fórmulas milagrosas! Outro alerta importante é em relação a uma substância muito comumente utilizada por homens e que é contraindicada para gestantes, a finasterida.

Existem inúmeras loções, xampus e cremes que podem amenizar os sintomas. Em quadros mais graves, é possível realizar até mesmo a famosa cirurgia de transplante de fios. No caso das mulheres, porém, não é tão fácil alcançar um bom resultado devido ao tamanho dos pelos nos outros lugares do corpo.

Maneiras de prevenir a calvície

Felizmente, manter uma vida saudável já é uma boa forma de evitar que os sintomas da calvície apareçam ou que eles se agravem. Beba muita água, consuma alimentos ricos em cálcio e proteínas e, caso tenha algum problema com excesso de oleosidade do seu cabelo, busque um tratamento o mais rápido possível.

Manter os fios sempre limpos e, de preferência, lavá-los em água de morna para fria, são dicas importantíssimas também! Para finalizar, atente-se à indicação dos seus xampus e condicionadores e compre aqueles que correspondam às suas características capilares. Se notar algum sintoma incomum no couro cabeludo, procure seu dermatologista o quanto antes: os tratamentos mais eficazes são aqueles iniciados o mais breve possível! Para ficar ainda mais informada, leia nosso artigo sobre queda de cabelo feminino.

E você, tem ou já teve o problema? Qual tratamento utilizou? Deixe o seu comentário!

CRM/SC 14625 | RQE 12663

 

Fontes: Universa / Claudia / Minha Vida

Deixe um comentário