Check List para primeira consulta em Florianópolis

Check List para primeira consulta em Florianópolis

É comum sair de uma consulta e somente depois se lembrar que tinha várias perguntas que gostaria de ter feito ao médico. Isso ocorre com bastante frequência, principalmente na primeira consulta com o dermatologista.

Estar preparado é essencial para otimizar o tempo e sair da consulta com todas as dúvidas esclarecidas, sem perder o foco e nem atrasar os próximos pacientes. Essa preparação prévia facilita também o diagnóstico médico, possibilitando a prescrição correta de medicamentos ou pedidos de exames.

Veja algumas dicas de como se preparar para a consulta com o dermatologista!

Checklist para sua primeira consulta com o dermatologista

Ao marcar a primeira consulta com o dermatologista, esteja seguro e não tenha vergonha de tirar suas dúvidas com o médico. É ideal que você estabeleça uma relação de confiança com ele.

Além disso, é importante se atentar a outros itens e, para te ajudar, preparamos um checklist. Siga as dicas abaixo para ter uma consulta eficiente e esclarecedora!

1. Descreva seu histórico familiar

Levante informações pertinentes ao seu caso, se há incidência do mesmo problema na família, assim como outras informações que julgar úteis. Muitos problemas podem ser genéticos, portanto, informar o histórico familiar é importante para seu diagnóstico.

2. Relate sua rotina de cuidados com a pele

Descreva detalhadamente todos os cuidados que você tem com a pele, nas várias partes do corpo, inclusive detalhando os produtos utilizados. Isso ajuda a detectar alergias ou outros problemas cutâneos. Dessa forma, o profissional também pode indicar os cosméticos ideais para seu tipo de pele. Assim, ele poderá montar uma rotina de cuidados mais personalizada e com resultados melhores.

3. Detalhe seus tratamentos dermatológicos

É importante descrever detalhadamente os tratamentos dermatológicos que tenha realizado, seja para fins estéticos ou não. Entre eles, peelings, tratamentos ou depilações utilizando raio laser, tratamentos contra celulite ou linhas de expressão.

4. Informe possíveis alergias e doenças

Detalhe ao médico suas alergias e doenças pré-existentes, assim como todos os medicamentos que você faz uso. É interessante levar as caixas dos medicamentos ou anotar todas as suas informações como dosagem, fórmulas, entre outros. Aproveite e informe também sobre manchas, pintas e sinais que possui na pele, relatando se tiveram alteração de cor, forma, se apresenta coceira, etc.

5. Faça um roteiro

Para não esquecer tudo o que você deseja perguntar na sua primeira consulta com o dermatologista, leve anotado um roteiro. Coloque em primeiro os assuntos com maior prioridade, mas não deixe de anotar outras questões que deseja esclarecer.

Assim, você evita com que o foco da consulta se perca e consegue perguntar tudo o que deseja. Informe sobre os sintomas que está apresentando ao seu médico para ajudar no diagnóstico e automedicação equivocada. Você pode aproveitar as anotações e listar tudo o que percebeu nos últimos dias, seja ardência, coceira ou outras características.

6. Facilite o diagnóstico!

Opte por usar roupas e calçados práticos para caso haja necessidade de realizar o exame físico. Evite usar bases ou esmaltes nas unhas, assim como maquiagem. Vá com os cabelos limpos e secos. Pode parecer desnecessário, mas essas práticas facilitam no diagnóstico e exames visuais.

Além de todos esses pontos, não se esqueça de sempre procurar um médico com registro de especialista para a área que deseja tratar.

Clique aqui e agende a sua consulta!

(CRM/SC | 14625 RQE 12663)

 

Referências: Dicas de Mulher, DermaClub e Imirante.

Deixe um comentário