Como surgem as verrugas
  • 245
  • 0

As verrugas são pequenos tumores benignos que aparecem na pele, mas em alguns casos, podem significar problemas sérios de saúde. É bom ficar atento!

Elas são lesões causadas pelo vírus HPV, que penetra no tecido da pele e parasita as células da epiderme. Isso faz com que o tecido cresça de forma anormal e as células que foram contaminadas sejam lançadas na parte superficial do corpo.

Vale destacar que as verrugas são contagiosas, sendo mais comuns em pessoas com baixa imunidade, crianças e adolescentes. Podem aparecer em diversas partes do corpo, especialmente nos cotovelos, pés, mãos e joelhos.

Elas são transmitidas de diferentes maneiras, como por meio de relações sexuais, ferimentos e por meio materno-fetal na hora do parto. Além disso, os imunodeprimidos são mais sensíveis ao surgimento dessas lesões na pele.

Principais tipos de verrugas

As verrugas apresentam variados aspectos e tamanhos, uma vez que podem estar ligadas a um ou mais sorotipos de HPV. Outro fator que interfere no aspecto e tipo é o fato de o contágio ocorrer pelo contato com diferentes objetos e pessoas infectadas.

Em geral, são classificadas por seu tipo, tamanho, formato e parte do corpo afetado, como:

  • Planas: acometem mais a região do rosto, são macias e proeminentes e de cor acastanhada ou amarelada;
  • Vulgares: surgem com maior frequência entre crianças e adolescentes, com formato irregular ou arredondado e são ásperas. Acometem os dedos, joelhos, mãos e ao redor das unhas ou nos cotovelos;
  • Plantares: conhecida como “olho-de-peixe”, surgem nas plantas dos pés e são doloridas;
  • Anogenitais: surgem na região genital, oral, anal e uretra e possuem textura macia e cor rosada. Podem evoluir para um caso mais grave, fechando a região da vulva e ânus e sendo precursoras de tumores;
  • Filiformes: alongadas, finas e firmes, acometem lábios, pálpebras, pescoço e rosto de pessoas com idade avançada.

Quais os tratamentos para verrugas?

Os tratamentos para verrugas são prescritos pelo médico dermatologista. Portanto, recomenda-se não optar pelas soluções caseiras. Para evitar que o problema fique mais grave, procure a ajuda certa o quanto antes!

Entre os tratamentos, o profissional especializado poderá indicar aplicação de ácidos ou outras técnicas. Essa recomendação vai depender da idade, local e tipo da verruga e, em muitos casos, os procedimentos são realizados no consultório. As técnicas mais comuns são:

  • Curetagem com eletrocauterização;
  • Eletrocauterização;
  • Crioterapia, uso de nitrogênio líquido;
  • Laser, como o ablativo;
  • Aplicação de ácidos, seguido por raspagem local;
  • Aplicação de creme com efeito esfoliante.

Saiba que parte das verrugas pode desaparecer espontaneamente. Porém, são muitos os casos que precisam de medicamentos específicos. Por isso, nunca tente eliminá-las em casa, pois isso aumenta o risco de infecções e consequências graves.

Acompanhe nossas redes sociais para ficar sempre informada! Facebook  Instagram

(CRM/SC 14625 RQE 12663).

Fontes: Dr.Consulta, Drauzio Varella, Tua SaúdeMinha Vida.

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Dermatologista Florianópolis